Aquilo que o bullying me tornou


Vamos conversar sério agora ? Puxa uma cadeira por que o assunto é longo. 
 Bullying é uma coisa séria e precisamos acabar com ele ? Sim, sem nenhuma sombra de duvidas. Mas a questão é: Eu sofri bullying durante cinco anos da minha vida e posso afirmar com toda certeza que eu só sou aquilo que sou hoje por causa do bullying. Não me interpretem mal por favor, longe de mim incentivar esse tipo de crime, porém paremos um pouco aqui para pensar: O que somos nós se não o resultado de nossas experiencias ? 

 Pare um pouco e pense em tudo que você já viveu, quer sejam experiencias boas ou ruins, elas te influenciaram de alguma forma não é mesmo ? Ilustrando esse conceito de maneira bem simples, imaginemos uma criança de três anos em que a mãe repetidas vezes pediu para que não ficasse pulando encima do sofá porque caso ocorresse uma queda ela poderia se machucar. Teimosa, essa criança insiste em continuar pulando e uma hora ela cai e machuca a testa. A mãe poderia avisar inúmeras vezes, porém essa criança só sabe a dor da queda porque ela experimentou por ela mesma o que faz com que ela não repita os pulos novamente. 

 Hoje eu tenho mais força para enfrentar as coisas porque eu precisei desenvolver a força na pratica, era uma questão de ser forte ou ser forte. Era uma questão de levantar todos os dias, vencer a minha própria vontade e ir para onde eu precisava ir. E isso me fez ver que nenhuma dor é para sempre, não importava o que as pessoas falassem ou fizessem comigo, eu sabia que no final do dia voltaria para minha casa. 

 Isso me fez refletir um pouco sobre como a dor é uma coisa engraçada, ela pode chegar a ser insuportável mas quando ela passa vai ser como se você nunca a tivesse sentido e sua resistência a ela aumenta cada vez mais. É igual tirar a sobrancelha sabe, na primeira vez é uma coisa horrível, na segunda a dor já diminui e assim vai indo até que a dor se torne algo tão insignificante que simplesmente você deixará de senti-la. 

 O ponto em que eu quero chegar é: cuidado com as atitudes que você toma enquanto ainda sente a dor, porque um dia ela vai embora e as consequências ficam. O numero de suicídio entre jovens que sofriam bullying tem alcançado níveis alarmantes e isso é algo que deveria receber mais atenção do que tem recebido. Não importa o que você esteja passando, seja agressões físicas ou psicológicas, eu já passei por tudo isso e gostaria muito que você colocasse duas coisas na sua cabeça: a sua vida não se resume ao bullying e você não é aquilo que o bullying quer que você seja. Não decida como vai ser o resto do livro da sua vida por um capitulo ruim.

 E aqui no futuro, depois de não ter mais o bullying fazendo parte do meu dia a dia eu garanto uma coisa para você com toda certeza: você vai agradecer muito por tudo. Vai ver o quanto isso te fez crescer como pessoa e vai aprender a usar isso como um impulso que vai te levar a lugares que nunca imaginou. Mas para isso acontecer, você precisa ser forte hoje. Tem uma frase em uma musica que eu gosto muito que diz: espero que das minhas feridas saiam poder para curar. Ou seja, não existe nada melhor do que depois de tudo você ainda poder ajudar pessoas que passam pela mesma coisa que você passou e não sabem como sair. E por isso que hoje eu me coloco a disposição de qualquer um de vocês que precisem conversar e desabafar sobre isso, me mandem um e-mail e vamos conversar. Vamos juntos agradecer que as pedras no caminho se tornaram escada ao em vez de serem obstáculos.

2 comentários:

  1. O seu texto ficou muito bom! Eu concordo em partes, concordo que somos o que somos pela dor que nos foi causada. Mas acho que essa dor vem da vida em si, dos aprendizados que nos temos por nós mesmas, o bollying, assim como voce disse é péssimo e nós estamos tão acostumados com esses tipos de violecia. Parabens por ter conseguido, você foi forte! Guerreira ♥ Mas infelizmente, algumas pessoas não se tornam pessoas melhores por causa do bullying, elas entram em depressão, até se matam... Triste né? Esse mundo ta doidinho :( Amei o seu blog!

    Beijocas,
    www.dossiedeverao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu agradeço ♥ É mesmo muito triste e por isso decidi falar um pouco sobre esse assunto, isso só vai ser vencido se cada um de nós falarmos um pouquinho e nos dedicarmos a ajudar nem que seja ouvindo uma pessoa que precise.
      Gostei muito da sua visita e espero que volte sempre viu ♥

      Excluir