O fantástico mundo dos bastidores


 Sinceramente, não foram poucas as vezes em que fui e voltei. Sempre estive alternando entre o paixão avassaladora e a repentina falta de inspiração. Não sei se a culpa era minha ou da rotina corrida que a vida me obrigava a ter mas chegou um momento que tive uma constatação obvia: eu não nasci para ser blogueira

 Não sou uma daquelas garotas super antenadas no mundo da moda nem aquela que tem incontáveis peças de roupa para fazer milhares de looks do dia. Não sou aquela que vai postar fotos de viagens maravilhosas todo o mês, nem mesmo conseguir fazer brilhantes tutoriais de maquiagem. E por favor, não esperem de mim um feed organizado no Instagram. Eu não tenho nem rotina de blogueira, quem dera poder acordar e me dedicar totalmente a trabalhar com o que eu amo. Só que quando o despertador toca eu tenho que acordar desse sonho e ir enfrentar a vida como ela é, infelizmente as responsabilidades não vão embora quando eu abro o blogger. E eu sinceramente não queria que fosse diferente.

 Ultimamente temos encontrado algumas pessoas nesse meio que estão dispostas a tudo por uma visualização. Videos de desafios malucos estouram os contadores do youtube e isso me faz pensar: onde que as blogueiras de raiz foram parar ? Dava para notar o amor em cada palavra escrita, pequenos comentários, mesmo que com um "segue de volta" no final, eram motivo de alegria durante semanas. Encontra-las no meio dessa busca desenfreada de ser uma web-celebridade tem sido cada vez mais difícil. E eu acho que o mais triste é esse tantão de blog abandonado depois que essas pessoas perdem a ilusão daquele glamour que achavam que iriam ter.

 A graça de ser blogueira não está em fazer inúmeras sessões de fotos ou sabe-se lá quantas parcerias e publicidades. A graça está em voltar cansada para casa e encontrar um casal no ônibus totalmente alheios ao mundo que os cerca e transformar aquilo numa cronica. Está nas noites em claro preparando postagens para conseguir ser pontual com aquele pequeno número de leitores fieis. Ou até mesmo em receber aquele único comentário naquela postagem que demorou horas. Essas coisas causam um êxtase de felicidade enorme porque a única coisa em jogo é o amor, a vontade de escrever e de ter voz para mostrar ao mundo as coisas que você pensa, e isso é melhor do que qualquer coisa.

 E enquanto isso, escrevo do mesmo local onde escrevia o meu primeiro blog, com o mesmo amor e a mesma vontade de me expressar. Aqui dos bastidores, mesmo aos trancos e barrancos, faço o compromisso de ser uma blogueira raiz, enquanto isso aqui durar. E espero encontrar mais algumas por ai <3.

Produtos que comprei, usei e não gostei


 Dinheiro infelizmente não nasce em arvores, então acho que todo mundo vai concordar comigo quando digo que não há nada mais chato e irritante quando gastamos aquele nosso dinheirinho suado naquele produto que depois de testarmos, descobrimos ser uma verdadeira porcaria.
 Já tive diversas decepções dessas e para evitar que passem por isso, hoje vim falar sobre quatro produtinhos que jogaram meu dinheiro no lixo.

Mascara de cílios Playboy


 Eu não consigo ficar sem mascara de cílios e quando minha última acabou, fiquei tão desesperada pra comprar outra logo que comprei a mascara da playboy no mesmo dia.
 O principal problema dela é que eu não consigo identificar onde não tem problema. O aplicador é ruim, a formula mais ainda. É extremamente melequenta, gruda com uma facilidade enorme e aquele aplicador torna impossível usar o rímel sem sujar ao redor dos olhos.
 Caso veja essa máscara por um ótimo preço, aconselho a guardar o seu dinheirinho e ir comer uma coxinha, vai por mim, vai valer muito mais a pena.

Base liquida Vult


 Amo a Vult de paixão mas essa base é um atentado. Minha pele é extremamente oleosa e essa base, por mais que tenha prometido ser não oleosa, deixou minha pele parecendo um frigideira, era so tacar um ovo na minha testa que ele fritava. Vai por mim amiga, guarda o dinheiro e compra uma coca pra tomar junto com a sua coxinha.

Avon Solutions


 Esse creme promete retirar suas olheiras e sinceramente, vi diferença nenhuma. Não me serviu para nada, só para gastar o dinheiro que podia ter usado pra comprar um pastel. 
 Receitinhas caseiras encontradas na internet se mostraram ser muito melhores em resultado e em custo beneficio também. Então não caiam nessa cilada.

Trio de sombras Avon Color Trend


 Oh sombra dura meu. Seu braço quase cai de tanto fazer força na hora de retirar o produto e você praticamente não consegue pegar nada com o pincel. Nunca consegui nem usar, é apenas um enfeite na minha caixa de maquiagens. Me arrependo amargamente e fico lembrando quantos açaí eu podia ter tomado com esse dinheiro viu.

 Espero que tenham gostado da resenha de hoje. Se já tiverem usado algum desses produtos não esqueça de deixar sua opinião. Curta a página do blog no Facebook e não se esqueça de comentar antes de sair.
Beijo <3

Cinco verdades que ninguém fala sobre casamento


 Para inúmeras pessoas se casar é um dos maiores sonhos na vida, principalmente para nós mulheres que sonhamos desde pequenas com aqueles lindos vestidos brancos que mais parece coisa de princesa não é mesmo ? Porém esse é o maior problema, romantizamos tanto a ideia do casamento que as vezes esquecemos que contos de fadas não existem e acabamos criando uma expectativa impossível de ser realizada resultando em frustração. 

 Então hoje, para começar a desromantizar um pouco isso, vim contar para vocês cinco verdades sobre casamento que praticamente ninguém conta. Escolha uma cadeira, pegue uma xícara de chá e prepare-se para um choque de realidade.


Prepare-se para ver as coisas dando errado


 As vezes temos que aceitar que as coisas não estão no nosso controle. As vezes sonhamos e planejamos a cerimonia ou a lua de mel dos sonhos, mas de ultima hora alguém ou algo pode atrapalhar tudo isso e é muito importante que esteja preparado psicologicamente para isso.
 No meu caso, minha sogra atrasou minha cerimonia, fiquei muito nervosa e chateada com isso, e na lua de mel, quando achava que nada mais poderia dar errado, fui mordida por um mosquito e peguei dengue. Tive que vir para casa com a viagem toda paga.
 Nenhuma dessas coisas foi planejada por mim, mas aconteceram. Como eu disse, isso não é um conto de fadas onde uma fada madrinha aparece para nos salvar caso algo de errado, acho que se tivesse me preparado psicologicamente para algum imprevisto teria sofrido muito menos do que sofri.


Você percebe que é uma verdadeira Cinderela


 Pode parecer meio controverso porque acabei de falar que casamento não é conto de fadas, porém ser Cinderela é uma coisa que não podemos fugir. Arrumar a casa, cozinhar três vezes ao dia e quando terminar tudo isso, se arrumar e virar uma princesa maravilhosa. Só que você não vai a baile nenhum, seu príncipe vem até você logo depois que o turno do trabalho dele termina. E por mais que limpeza seja horrível, nada recompensa mais do que o sorriso que ganha quando ele chega em casa.